Danae

Danae
Klimt, Gustav

quarta-feira, maio 23, 2007

“Tudo me quieta, me suspende.”

"...estou sem ar...


Porque meu coração para na espera de algo que não vem???
Ainda quero que me ensinem a “ter o casco duro e o coração mole”

Estou desesperando-me.
Por vezes acho que perdi o rumo mais uma vez...

Sobretudo estou viva e ainda não sei qual saldo disso tudo.

Enterro as unhas na garganta para respirar... Me vem teu cheiro no primeiro sopro..."



http://www.youtube.com/watch?v=A_eBS0sjumw

~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~.~..~

Um comentário:

Dyego Saraiva disse...

Incrível. Minhas palavras saídas por outro lápis. Saber que há outros assim me dá vontade de cuidar de todos, pôr no colo, como que me ajudando, coisa que não sei fazer.